REUNIÃO DE IMPLANTAÇÃO DO PROJETO SALA DE AÇÕES DA UFPB



Em 23 de novembro de 2007 houve a primeira reunião do Projeto Sala de Ações com o intuito de organizar uma equipe de estudos do Mercado de Capitais. Esta reunião marca os primeiros rascunhos do que viria a ser o Projeto de Extensão: Mercado de Capitais - Processos de Seleção de Carteiras ótimas na Bovespa. Este projeto ficou conhecido, a partir de reuniões com entidades privadas do Mercado de Capitais de João Pessoa, como a Sala de Ações da UFPB.


Esta reunião foi estimulada, a partir do dia 14 de novembro de 2007, em que o Banco Santander, representado pelo seu gerente da área de mercado de capitais Sr. Luiz Gaião, à convite do Programa de Pós-Graduação em Economia da UFPB, proferiu uma palestra sobre Bolsa de Valores no CCSA, atraindo uma plateia de 75 pessoas, público muito acima do esperado, sobretudo de alunos de graduação e pós-graduação em economia.


Assim, a consequência foi na formação de um Grupo de Trabalho sobre o Mercado de Capitais na àrea de Economia de Empresas do CME. A Coordenação dos trabalhos ficou a cargo do Professor Doutor Sinézio Fernandes Maia em parceria com o Professor Doutor Ignácio Tavares de Araújo Junior e Professora Doutora Márcia Batista da Fonseca. A partir de 23.11.2007 as reuniões semanais foram implementadas para estudos e discussões do Mercado de Ações brasileiro e, ficou estabelecido a sexta-feira como a data de encontro dos interessados em estudar e discutir o desempenho do Mercado de Capitais.


Para ter acesso aos registros das Atividades Anuais e as Fotos, sugerimos acessar EVENTOS, na aba esquerda do Blog. 




Saiba mais...


O que é a Sala de Ações - UFPB?


É um  projeto intitulado de  “Mercado de Capitais: Processo de Seleção de Carteiras Ótimas na BM&FBovespa”. A Sala de Ações está inserida no Programa de Extensão da Universidade Federal da Paraíba (PROBEX) desde 2008. Em 2009 foi contemplado com o Prêmio “Elo Cidadão” e é coordenado pelo Prof. Dr. Sinézio Fernandes Maia do Departamento de Economia.

O Projeto envolve alunos dos cursos de graduação de Economia, Administração, Contabilidade e Relações Internacionais, sendo estes responsáveis pela produção de informações, workshops, seminários, artigos, monografias e trabalhos de conclusão de cursos na área de Finanças do CCSA. Entretanto, o objetivo principal dos grupos de alunos é gerar informações que sirvam de orientações aos acadêmicos, além de estimular o aprendizado dos agentes envolvidos. O processo de seleção de carteiras vai desde a análise de empresas e setores econômicos, das análises das políticas macroeconômicas até a gestão da carteira teórica por meio de instrumentos quantitativos.

Em 2010 o projeto deu um passo importante na consolidação de seus objetivos; a abertura de um Clube de Investimentos devidamente registrado na BM&FBOVESPA.  O Clube tem como objetivo proporcionar a formação de poupança para os cotistas por meio de investimentos em ações de empresas. Representa, para o processo de crescimento acadêmico e para os objetivos do projeto de extensão, o instrumento básico para a concretização do aprendizado propiciando a redução da distância entre a Teoria e a Prática.

Como Funciona?

Os acadêmicos percorrem uma carreira de trainee analistas e estão orientados em 3 células, até atingirem a categoria de Executivo I (Comitê Gestor). Neste processo adquirem a responsabilidade na produção e informações para o projeto e em sua carteira teórica, bem como para o Clube de Investimento da Sala de Ações.

Salienta-se que o enfoque é estritamente acadêmico permitindo um forte treinamento do aluno no trato de assuntos do Mercado de Capitais. O objetivo é a elaboração periódica de análises das empresas/setores, da macroeconomia e do desempenho da bolsa de valores. O resultado deste treinamento tem como consequência positiva na redução sistemática da distância entre a Teoria e a Prática do Mercado de ações. Este processo permite um amadurecimento profissional do acadêmico deixando-o preparado para atuar no mercado de trabalho na área de Finanças.


Quem Somos

O Projeto “Mercado de Capitais: Processos de Seleção de Carteiras Ótimas na BM&FBOVESPA” denominado de “Sala de Ações - UFPB” constitui a articulação das atividades de ensino, pesquisa e extensão do Departamento de Economia e está cadastrado no Programa de Extensão da Universidade Federal da Paraíba desde 2008.


Este projeto tem a particularidade de integrar alunos dos cursos de Economia, Administração, Ciências Contábeis e Relações Internacionais, bem como agentes exteriores à Universidade. O objetivo principal é estudar, analisar e divulgar informações sobre o mercado de capitais brasileiro, no âmbito estritamente acadêmico, identificando processos de seleção de carteiras teóricas por meio de acompanhamento diário da Bolsa de Valores de São Paulo.


A metodologia de trabalho exige separação da equipe por grupos de responsabilidades/conhecimentos e exige encontros periódicos para elaboração de documentos acadêmicos com o intuito de divulgação no âmbito da extensão universitária. O instrumento para divulgação é o blog do projeto (http://www.salaacoes.blogspot.com/) bem como o Twitter (@salaacoes), o Facebook (f/salaacoes) e o Mural do Centro de Ciências Sociais Aplicadas (CCSA) da UFPB. Outra forma de disseminação dos conhecimentos adquiridos no Projeto é a construção de seminários, oficinas e workshops periódicos presenciais que atendem aos públicos interno à universidade (Centros e Departamentos da UFPB), bem como ao público externo (entidades de classe, escolas de ensino médio, faculdades particulares na grande João Pessoa). 


Com o enfoque na educação financeira o projeto criou o Escritório Financeiro Acadêmico (Office Financial Manager) que tem como meta o atendimento personalizado e gratuito do público acadêmico que tenha interesse em Economia Financeira e não participa diretamente do Projeto de Extensão. O agendamento prévio se dá por meio do e-mail: salaacoes@yahoo.com.br, para todas as quintas-feiras (9:00 as 20:00) no ambiente da Sala de Ações, no CCSA. Esta atividade, em que os integrantes do Projeto atendem o público, permite a consolidação do principal papel da extensão (levar conhecimento aos demais agentes), bem como permite um forte treinamento dos acadêmicos no sentido de prepará-los para o exercício da profissão no Mercado Financeiro. Ressalta-se que todo o exercício efetuado no Projeto tem o compromisso principal com o fortalecimento da formação universitária. Atualmente o projeto conta com uma equipe de 22 acadêmicos mais 3 professores atuantes. 


Convido-os para conhecer o nosso Projeto. 


Prof. Dr. Sinézio Fernandes Maia 
Coordenador do Projeto Sala de Ações
sineziomaia@yahoo.com.br






0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário.