Sala de Ações Logo da UFPB
terça-feira, 30 de junho de 2015

Desregulamentação Financeira e Intervenção do Estado na Economia: o Exemplo Americano e o Caso Brasileiro    

 

Janaína Maureen Kutzner
Orientador: Prof. Dr. Sinézio Fernandes Maia

O presente Trabalho de Conclusão de Curso tem por objetivo identificar uma possível desregulamentação no Sistema Financeiro Nacional, a qual poderia levar à ocorrência de uma crise sistêmica. Partir-se-á do entendimento acerca do processo de desregulamentação nos Estados Unidos, uma vez que a mesma impactou diretamente no desencadeamento da crise presenciada no ano de 2008. Nesse contexto, abordar-se-á a teoria de Minsky sobre a fragilidade financeira, tendo em vista que oferece uma explicação relevante sobre a questão da necessidade de intervenção do Estado na economia. Também serão expostos os acordos de Basileia que visaram estabelecer diversos parâmetros de regulamentação para promover a estabilidade financeira em nível internacional. A análise sobre a desregulamentação financeira no Brasil ocorrerá mediante uma revisão da evolução e construção do Sistema Financeiro Nacional, tomando como parâmetro as falhas regulatórias identificadas no sistema financeiro estadunidense que levaram à crise de 2008, bem como as falhas de mercado apresentadas por Minsky que requerem a intervenção do Estado no sentido de regulamentar a atividade financeira. Justifica-se a presente reflexão em decorrência da importância do assunto, tendo em vista que uma crise sistêmica impacta negativamente não somente a economia, mas também a sociedade.  

Palavras-chave: Sistema Financeiro Nacional. Desregulamentação financeira. Crise sistêmica.

0 comentários:

Postar um comentário

Agradecemos seu comentário.